Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco José Viegas

Blog

Talvez o grande momento de rebelião da arte seja aquele instante – como no caso de Banksy – em que a peça se autodestrói ao ser vendida num leilão.

Francisco José Viegas 1 de Dezembro de 2021 às 00:30
Talvez o grande momento de rebelião da arte seja aquele instante – como no caso de Banksy – em que a peça se autodestrói ao ser vendida num leilão.

Mas o dinheiro está lá, poderosíssimo, e as peças de Banksy são um negócio brutal – essa peça auto-destruída foi vendida por 22 milhões de euros. Há quinze dias, a venda da coleção de um casal recém-divorciado rendeu cerca de 700 milhões em Nova Iorque – a maioria das peças eram posteriores a 1980, o que significa que o seu valor foi determinado pelo que escreveram certos "críticos", "curadores", "comissários" e investidores – um belo negócio para intelectuais com visão.



Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Blog Banksy economia negócios e finanças serviços financeiros leilões
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes