Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Francisco Moita Flores

Celebração da vaca

Mete dó ver Passos Coelho fazer de conta que é o primeiro-ministro no exílio.

Francisco Moita Flores 29 de Maio de 2016 às 01:45
Seis meses depois de tomar posse, o Governo, que se apresenta em nome de toda a esquerda (seja lá isto o que for), canta por estes dias louvaminhas ao feito heroico e espanta que a memória dos homens, sobretudo dos aduladores de serviço, possa esquecer aquilo que foi prometido, o tal outro caminho que Passos e companhia nunca viram e que era tão óbvio para Portugal renascer.

Seis meses depois, cantam-se loas, a quê? Não é seguramente ao fim da austeridade, que apenas mudou de maquilhagem. Basta ver o choque brutal de impostos sobre combustíveis. Seis meses depois, cantam-se virtudes ao emprego tão prometido e quando o desemprego se agrava? Seis meses depois, celebram-se salmos libertadores à economia inanimada e que nos foi prometida a crescer até ao céu dos 3% e não passa da miséria dos últimos anos?

A garantia do aumento das exportações foi uma burla, o tão proclamado crescimento económico foi uma farsa. Que trouxeram estes seis meses de reforço à esperança, cada vez mais pobres, cada vez com menos recursos? A Terra Prometida era isto? A política light do Bloco, a vaca com asas, o amigo independente que trata dos grandes negócios do Estado? Que se celebra, então, com este circo de adulações às verdades de ontem que são descaradas mentiras hoje? O diálogo manhoso com Bruxelas? As habilidades risonhas do primeiro-ministro para manter o poder seja a que custo for?

Mete dó ver o PCP metido nesta enxovia. Mete dó ver Passos Coelho a fazer de conta que é o primeiro-ministro no exílio. Portas, ao menos, é agora vendedor de empresas. E celebramos! É um dos momentos de agonia que se comemora. De tolice sem dimensão de Estado. De gozo por transformar cidadãos em papalvos que gozam o milho que lhe dão com uma mão e lhe roubam com a outra. A decadência e degradação moral acabou com os nossos sonhos. Prepara-se, agora, para liquidar os sonhos dos nossos filhos.
Governo BE PCP Passos Coelho política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)