Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Joana Amaral Dias

Antes & Depois

O poder parecia chocado. Agora já se recompôs.

Joana Amaral Dias 13 de Janeiro de 2015 às 00:30

Há um mês, ninguém na Europa marchou pelos milhares de vítimas de bombistas no Paquistão. Agora milhões desfilam contra o terrorismo islâmico. No domingo, a manifestação na capital francesa gritou pela liberdade. Ontem, já começaram a restringi-la. Há uns dias, tratava-se de lutar pela liberdade de expressão, amanhã talvez se defenda que mais informações devem ser classificadas como segredo de Estado. Ontem, todos pela liberdade de imprensa, hoje pouca imprensa mostrou a verdade sobre o desfile dos líderes mundiais. Na semana passada, ninguém cedia ao medo nem à chantagem sanguinolenta, amanhã ainda acabamos todos suspeitos de terrorismo, mais vigiados e controlados.

Há uma semana o poder parecia estar horrorizado e chocado. Hoje já se recompôs e continuará a fazer o mesmo de sempre. Ontem éramos todos Charlie, hoje é mais checkpoint Charlie e a UE admite reforçar as medidas de controlo nas fronteiras. Ontem todos tínhamos Paris. Amanhã não teremos sequer Schengen. 

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)