Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Heróis

Mário Centeno garante défice de 3% e dia de Natal a 25.

João Pereira Coutinho 12 de Dezembro de 2015 às 00:30
Temos governo há duas semanas. E, em duas semanas, o novo governo já encontrou uma missão ‘difícil e exigente’, nas palavras heróicas do prof. Centeno: conseguir que o défice chegue a 3%.

Como conseguir esse milagre, que provavelmente será reconhecido pela Suécia no Nobel do próximo ano? Com medidas de génio que passam, essencialmente, por não gastar inutilmente; não assumir compromissos financeiros que não sejam urgentes; e moderar a despesa na administração pública. Por outras palavras: nos próximos 20 dias, um governo socialista não poderá fazer o que mais gosta (viver com bar aberto), uma situação particularmente dramática quando as festas de Natal e de passagem de ano estão à porta.

Aliás, por falar em festas, fontes ouvidas pelo cronista garantem que o governo Costa tudo fará para que o Natal continue a 25 e que a passagem de ano seja mesmo a 31. Não será fácil, mas quem tem o prof. Centeno, tem tudo.
Mário Centeno Suécia Nobel Natal António Costa política
Ver comentários