Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Salvar a face

Na história russa, quem perde guerras não sobrevive.

João Pereira Coutinho 11 de Março de 2022 às 00:30
Alguém lembrava por estes dias que, na história russa, quem perde guerras não sobrevive por muito tempo. A Rússia perdeu na Crimeia em 1856 – e isso apressou o fim de Nicolau I. A derrota frente ao Japão, em 1905, acabou com Nicolau II (a 1ª Guerra limitou-se a dar a estocada final). E, em 1989, quando a URSS saiu humilhada do Afeganistão, o regime comunista desapareceu 2 anos depois.



Crimeia Nova Rússia Nicolau I. A Japão Nicolau II URSS Afeganistão distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas