Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

A pureza da raça

Depois de humilhar os fumadores, será preciso fuzilá-los?

João Pereira Coutinho 21 de Maio de 2016 às 01:45
Sim, parece que fumar não contribui para a imortalidade. Não, ainda não está demonstrada uma ligação inequívoca entre doenças malignas e o ‘fumo passivo’. Por isso pergunto: seria necessário plasmar nos maços de tabaco imagens de horror absoluto para angustiar o povaréu?

Pelos vistos, era: o Estado, que abomina o vício mas gosta de lucrar com ele (há uma palavra para este tipo de profissão), não se contentou com as proibições que já existem em espaços fechados (e privados).

A ideia, agora, é humilhar publicamente os fumadores, apresentando-os ao mundo como exemplos de doença, decadência e degeneração, uma trilogia que eu julgava enterrada com as piores tiranias do século XX.

Resta-me esperar que o próximo passo não seja um ‘campo de reeducação’ para fumadores – ou, a médio prazo, o fuzilamento destes novos ‘inimigos do povo’. Mas, nestas matérias, o melhor é não dar ideias.
fumadores tabaco Estado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)