Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
11 de Novembro de 2007 às 00:00
Sabendo nós os milhões e milhões de milímetros quadrados que, tanto em Lisboa como em todas as cidades do País, podem ser alvo de “habilidades especulativas” por parte de uma espécie de abutres comerciais, em conivência com muitos responsáveis políticos, ficamos a compreender a razão pela qual o território nacional, “em vez de ser um chão de cidadania ao serviço do bem-estar social e comunitário”, está transformado num gigantesco loteamento onde as “zonas verdes” facilmente mudam de cor e de donos, bastando para isso o brilho do vil metal de algum grupo económico poderoso.
A ganância e o concubinato de interesses estão a ultrapassar todos os limites, nas barbas de um Governo que é forte diante dos fracos mas bastante fraco em relação aos poderosos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)