Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Bico calado

O Syriza vence as eleições na Grécia e, no momento em que escrevo, António Costa ainda não se 'pronunciou'.

João Pereira Coutinho 21 de Setembro de 2015 às 00:30
O Syriza vence as eleições na Grécia e, no momento em que escrevo, António Costa ainda não se ‘pronunciou’. Entendo perfeitamente. Da última vez que o líder do PS se ‘pronunciou’ sobre o assunto, foi para dizer que o pessoal do Sr. Tsipras era uma inspiração para ele. Infelizmente, a inspiração passou depressa – quando o Syriza deu mostras de mendicidade e loucura – e alguém deve ter dito a Costa que era aconselhável pensar dez vezes antes de abrir a boca. O que também se compreende.

Nos últimos dias, o festival foi completo. Começou com a história dos cortes nas pensões não-contributivas, que Costa não soube explicar e que agora atamancou: afinal, não haverá cortes nas pensões de qualquer espécie. E terminou com o chumbo prometido a um orçamento da coligação – um acto de terrorismo político que já foi varrido para debaixo do tapete. Até dia 4 de Outubro, suspeito, será tudo com guião – e sem as improvisações do senhor. Porque sempre que Costa improvisa, o Rato treme um bocadinho.
Syriza Grécia António Costa Tsipras eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)