Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Cães danados

Syriza: já não há revolucionários como antigamente.

João Pereira Coutinho 22 de Fevereiro de 2015 às 00:30

Já não há revolucionários como antigamente. Uma pessoa olhava para o Syriza – o abandono da gravata, o casaco de cabedal – e pensava: aqui estão os cães danados que vão vergar a sra. Merkel e transformar a Grécia numa espécie de Venezuela em pleno Egeu. Desilusão.

Depois de abandonarem as principais promessas do seu programa, a começar pelo extravagante perdão da dívida, descobriu-se que a rapaziada andava a mendigar pela Europa com aquele ar refilão que os adolescentes têm quando os pais ameaçam cortar a mesada.

Sabemos agora que a mesada não será cortada: nos próximos 4 meses, o governo grego, se sobreviver, terá que elaborar a sua própria austeridade para respeitar os compromissos que dizia abjurar.

Depois, e só depois, Bruxelas liberta o cheque – e com a ‘troika’, agora sob outro nome, devidamente ao leme. Se isto é uma vitória para Alexis Tsipras, como ele diz, eu tremo só de pensar o que seria uma derrota. 

sra. Merkel Grécia Venezuela Europa Bruxelas Alexis Tsipras política
Ver comentários