Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Filmes pornográficos

Bloco e PCP podiam ser mais subtis nos seus filmes pornográficos.

João Pereira Coutinho 4 de Novembro de 2016 às 01:45
Catarina Martins afirma que os administradores da Caixa Geral de Depósitos devem declarar rendimentos ao Tribunal Constitucional desde que os mesmos não sejam públicos. O PCP, no debate do Orçamento, considera o dito cujo ‘insuficiente’ – mas culpa os ‘constrangimentos’ da Europa pela ‘insuficiência’. Estranho mundo, este.

Antigamente, administradores do Estado acima do escrutínio público e governos de cócoras perante Bruxelas eram encarnações diabólicas para a nossa patusca extrema-esquerda. Hoje, são meros incómodos – como uma mosca na sopa ou uma borbulha na face. Melhor não reclamar nem espremer.

Já sei, e já escrevi, que o poder compensa tudo. Mas às vezes pergunto se Bloco e PCP não podiam ser mais subtis nestes exercícios invertebrados. Há crianças e jovens que podem ligar a televisão e apanhar com filmes pornográficos em horário familiar.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)