Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Gajas

Os nossos magistrados parece que vieram do Afeganistão.

João Pereira Coutinho 14 de Dezembro de 2014 às 00:30

Um programa da RTP elegeu em tempos Manuel Luís Goucha como ‘apresentadora do ano’. Goucha não gostou e processou. Fez mal. Uma piada é uma piada. Questões de bom gosto não devem entupir os tribunais.

Pena que os tribunais falhem sempre no bom gosto. Chamado a apreciar os factos, o Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa não pronunciou os arguidos (fez bem) e depois acrescentou que as ‘atitudes’, as ‘formas de expressar’ e as ‘roupas coloridas’ de Goucha são mais apropriadas ao ‘universo feminino’.

Por outras palavras: se não queres ser tratado como ‘gaja’, não te vistas como uma. Goucha, compreensivelmente, apelou agora para o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem contra o Estado português, embora ‘Estado português’ talvez seja uma confusão geográfica. As considerações dos nossos magistrados estão ao nível de um tribunal do Afeganistão, não de um país da Europa ocidental.

RTP Manuel Luís Goucha Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa Tribunal Europeu dos Direitos do Homem
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)