Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Pereira Coutinho

Questões de gosto

Sempre que há acidentes, o português gosta de parar e ver.

João Pereira Coutinho 21 de Agosto de 2016 às 01:45
Com as autárquicas no horizonte, os políticos já mostram trabalho: ruas esburacadas, rotundas planeadas – e, segundo li, um miradouro nos Olivais para os entusiastas do ‘plane spotting’. Quem? Explico: amantes de aviões que gostam de ver, fotografar ou filmar os aparelhos em descolagem e aterragem.

Longe de mim contestar o uso de dinheiros públicos para uma actividade tão nobre. Apenas lamento que outras actividades mais tradicionais sejam ignoradas pelo poder autárquico.

Este Verão, em viagem pela pátria, apercebi-me da queda dos portugueses pela contemplação de acidentes rodoviários. Sempre que há desgraça no asfalto, o português abranda, abre o vidro e em alguns casos pára.

O poder autárquico, respeitando todos os gostos, devia organizar excursões diárias para que os ‘crash spotters’ também pudessem fotografar ou filmar um braço decepado ou uma mioleira espalhada pela estrada.
autárquicas plane spotting aviões portugueses acidentes rodoviários
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)