Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

João Vaz

O desafio da Noruega

Há um desafio que a Noruega coloca a Portugal: como desenvolver a sociedade de forma a tornar rico um país pobre.

João Vaz 29 de Maio de 2016 às 01:45
À parte do jogo de futebol que hoje opõe as seleções dos dois países, há um desafio que a Noruega coloca a Portugal: como desenvolver a sociedade de forma a tornar rico um país pobre.

A Noruega é independente há 111 anos, após séculos sob o domínio da Dinamarca e da Suécia. O frio, o território montanhoso e a costa rasgada pelos fiordes tornam a vida dura e difícil. A destruição deixada pelos alemães na II Guerra Mundial de 1939-45 deixaram o país na miséria.

Os noruegueses foram obrigados a emigrar à procura de comer. Habituaram-se a aproveitar bem os recursos naturais do mar e da floresta e quando, em 1969, se iniciou a exploração petrolífera mantiveram os mesmos princípios de solidariedade social e eficácia económica.

Hoje, tem o maior fundo soberano do planeta, com 800 mil milhões de euros, controla 1,3% da capitalização das bolsas mundiais, gere a crise com taxa de desemprego nos 4,6% e suporta o crescimento no consumo interno.

Que faria Portugal com o mesmo jackpot petrolífero? Governava-se como a Noruega ou desvairava como Angola, Brasil ou Venezuela? É preciso pensar para não cair sempre no lado errado.
Noruega Portugal Dinamarca II Guerra Mundial Angola Brasil petróleo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)