Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
8

Joaquim Tapada

Corrida Goyesca no Campo Pequeno

Morante e El Cigala proporcionaram magia.

Joaquim Tapada 1 de Julho de 2016 às 12:08

Foi um espectáculo diferente o que se realizou na última quinta-feira no Campo Pequeno. O matador de toiros José António Morante de la Puebla toureou quatro toiros da ganadaria espanhola Zalduendo e foi acompanhado pelo "Cantaor" de Flamenco, o popular Diego El Cigala.

Abriu o espectáculo a fanfarra da GNR que, como é habitual, mostrou enorme afinação nos temas escolhidos e evoluiu a cavalo com disciplina que todo o público apreciou, aplaudiu e chegou mesmo a ritmar com palmas alguns trechos musicais mais conhecidos. Para que a corrida goyesca resultasse em pleno tinha de se contar com a bravura dos toiros, porém, embora bem apresentados, apenas um se mostrou bravo. Todavia, o matador Morante de la Puebla, mesmo perante os toiros menos colaborantes, soube ultrapassar essa dificuldade recorrendo aos seus recursos artísticos e foi sempre aplaudido nas faenas.

A lide do 1º. toiro foi muito bonita, com o matador a servir-se da sua arte, recebendo do público enormes ovações e "olés". Os 2º. e 3º. toiros manseavam, Morante lanceou com muito mando qualquer deles e desenhou duas curtas faenas de muleta atendendo à pouco colaboração dos toiros. Por isso não deu as voltas à arena no fim de cada actuação. Entretanto, os bandarilheiros da sua quadrilha não estavam em noite sim. Salvo dois ou três pares bem cravados, a maioria foram meios pares.

Curioso o "salto de garrocha" que um bandarilheiro executou com destreza. Mas foi a actuação do matador no último toiro que fez vibrar em especial os "morantistas". Depois de três verónicas excelentes, rematadas com a meia-verónica que é "marca da casa" Morante perfumou o Campo Pequeno com uma faena bonita, templada, ao som da voz de El Cigala que deu um pouco de magia àqueles momentos.

Em conclusão foi de facto um espectáculo diferente e o público que estava em grande número,apreciou e aplaudiu o intérprete na arena, Morante de la Puebla e El Cigala e o seu grupo que tornaram o ambiente romântico. Dirigiu sem problemas Rogério Jóia.   

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)