Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Manuel Silva

Bronca na codificação

As novas ferramentas informáticas não foram testadas.

José Manuel Silva 26 de Janeiro de 2017 às 00:30
O financiamento da produção do internamento e de parte do ambulatório dos hospitais baseia-se nos chamados Grupos de Diagnóstico Homogéneo (GDH). A codificação dos GDH, efetuada por médicos especialistas nesta difícil e complexa avaliação, baseava-se no sistema de classificação de doenças ICD-9. Há cerca de dois anos, a ACSS entendeu que se devia evoluir para o ICD-10.

Sem consultar os profissionais do terreno, foi imposta a data de 1 de janeiro de 2017 para se efetuar esta transição. A (má) estratégia de mudança tem sido um desespero! Em setembro de 2016, como se fosse um processo simples (que não o é), começaram algumas mal preparadas experiências-piloto de formação dos médicos codificadores, alargadas depois de forma desorganizada, chegando a colocar-se 100 formandos dentro de uma exígua sala...

As novas ferramentas informáticas não foram devidamente testadas. As diferentes plataformas informáticas não foram integradas. A ACSS não dispõe a tempo inteiro de qualquer elemento médico com competência na importantíssima área da codificação, para além de um órgão consultivo que reúne ocasionalmente. Para resumir a história, tudo está a correr mal e nada funciona!
José Manuel Silva opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)