Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Manuel Silva

Faturas e SNS

Todos devemos dar um sinal claro de intolerância à fuga aos impostos.

José Manuel Silva 29 de Dezembro de 2016 às 01:45
O perigoso subfinanciamento crónico do SNS prejudica gravemente os doentes, como mostra a falta de resposta das Urgências.

Devemos exigir mais financiamento para o SNS, mas a própria Sociedade deve contribuir para o possibilitar. Um meio simples é o de exigir a emissão de uma fatura com número de contribuinte em todas as transações comerciais, das menos às mais onerosas.

Assim, todos podemos e devemos dar um sinal claro de intolerância à fuga aos impostos e combate à economia paralela, um sério problema onde o Governo não cumpre as suas obrigações, para proteger alguns. Por isso mesmo, a palavra de ordem para 2017 deverá ser: vamos exigir sempre faturas com NIF!

Porém, o aumento da cobrança de impostos não pode servir apenas para distribuir mordomias pelos funcionários públicos, mas sim para melhor financiar o SNS e aumentar o investimento público, tão dramaticamente necessário!

A opção política de reposição de direitos individuais sem reforço do orçamento do SNS colocou os doentes, sobretudo os mais pobres, a pagar, com a sua Saúde, ou a falta dela, essa mesma opção... A manta não estica...

Cada um de nós pode e deve fazer muito por Portugal. Feliz Ano Novo!
SNS Sociedade Governo Ano Novo faturas Saúde Urgências impostos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)