Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Rodrigues

Do roto para o nu...

O acordo entre a Grécia e os seus parceiros da Zona Euro é apenas um primeiro passo que, embora não afaste a incerteza, se reveste de uma importância que vai muito além do que cada um dos lados se pode vangloriar de ter obtido em concreto.

José Rodrigues 23 de Fevereiro de 2015 às 00:30

O acordo entre a Grécia e os seus parceiros da Zona Euro é apenas um primeiro passo que, embora não afaste a incerteza, se reveste de uma importância que vai muito além do que cada um dos lados se pode vangloriar de ter obtido em concreto. Trata-se do desanuviamento que ele próprio representa, alcançado depois de dias de duro confronto que fizeram temer o pior.

Para esse desanuviamento, o Governo português não deu no entanto, lamentavelmente, qualquer contributo, bem pelo contrário. Juntamente com o Governo espanhol, assumiu uma posição de intransigência total em relação aos gregos, com uma superioridade que é a do roto para com o nu… Isto além de se ter prestado diligentemente a servir de ‘troféu’ da campanha alemã em prol da receita de austeridade da qual é empenhado seguidor.

Foi, em suma, um desempenho confrangedor, que mereceu até uma lição de diplomacia dada pelo ministro grego das Finanças: instado a comentar a atitude dos homólogos portugueses e espanhóis, Varoufakis ripostou, lembrando que são colegas no Eurogrupo e que não o fazia por uma questão de boas maneiras...

Grécia Zona Euro Governo Eurogrupo política economia negócios e finanças governo (sistema)
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)