Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

José Rodrigues

Ora agora bates tu...

O caso das offshores desencadeou um pingue-pongue feroz entre Governo e oposição.

José Rodrigues 13 de Março de 2017 às 00:30
O caso das offshores desencadeou um pingue-pongue feroz entre Governo e oposição: ‘Ora agora bates tu, ora agora bato eu’… As jogadas sucedem-se rápidas, com reviravoltas surpreendentes.

Já depois de a oposição, em contra-ataque, alegar que as responsabilidades de fiscalização das transferências podem ser em parte assacadas ao Governo e exigir ouvir Mário Centeno, eis que vem à luz a ligação de Paulo Núncio a uma empresa venezuelana que fez transferências para o Panamá através do BES, e o PS exige ouvir (de novo) o ex-secretário de Estado.

O caso ganha contornos cada vez mais suspeitos e o pingue-pongue promete tornar-se ainda mais agressivo, com cada um dos lados apostado sobretudo na erosão da credibilidade do outro, através de jogadas onde até vale lançar areia para os olhos- não do adversário, mas dos espectadores (nós)…

Mas, qualquer que seja a evolução, dá para adivinhar como tudo acabará: com a condenação do sistema informático, esse vilão que está na origem de boa parte dos escândalos nacionais, ou com o arquivamento por falta de provas, como aconteceu com o caso da lista VIP, no qual, aliás, eram já protagonistas o Fisco e Paulo Núncio.
José Rodrigues opinião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)