Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Museus fechados

De portas fechadas ficaram o Museu dos Coches e a Torre de Belém.

Leonardo Ralha 16 de Abril de 2017 às 00:32
Ir a Paris sem ver se a ‘Mona Lisa’ de Leonardo Da Vinci é tão pequena quanto dizem é tão mau quanto estar em Florença sem poder constatar se o ‘David’ de Michelangelo é tão imponente ao vivo quanto parece nos filmes.

Aconteceu algo parecido aos turistas que vieram a Portugal na sexta-feira e no sábado, encontrando museus e monumentos encerrados devido a uma greve. De portas fechadas ficaram, entre outros, o Museu dos Coches e a Torre de Belém, enquanto o desenrascanço que é um esplendor de Portugal fez cobrar metade do ingresso a quem só pôde ver parte do Museu Nacional de Arte Antiga.

Sendo certo que os trabalhadores têm direito à greve, qualquer turista que tenha encontrado portas fechadas ficará com uma má recordação, tal como um português ficaria se as visse em Paris ou Florença.

E fica provado que a restauração do Ministério da Cultura em nada resolve uma sucessão de problemas laborais que se arrastam ao longo dos anos. Há tantos que até já mereciam ter o seu próprio museu.

Em nome do primo
Bruno Vieira Amaral inspirou-se no assassinato de um primo para escrever o romance ‘Hoje Estarás Comigo no Paraíso’ (Bertrand).
Paris Mona Lisa Leonardo Da Vinci Museu Nacional de Arte Antiga Museu dos Coches David Michelangelo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)