Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

A verdade a que ela tem direito

Sara Prata nega mau ambiente devido a “discussão normalíssima” com quem nunca foi seu namorado.

Leonardo Ralha 30 de Abril de 2016 às 00:30
Um antigo primeiro-ministro talvez preferisse um general prussiano, mas na hora de se explicar, "em tom de revolta e mágoa", Sara Prata escolheu a ‘Lux’ para pôr um ponto final no que chama ‘mentiras sobre mentiras’, referindo-se às notícias que falam em discussões com o colega Lourenço Ortigão, com quem contracena na telenovela ‘A Única Mulher’, da TVI, e sobre o consequente mau ambiente. Quanto a questões ambientais, garante que nem os 18 meses de gravações impedem que haja "jantares e brincadeiras em estúdio", queixando-se de que as suas palavras são deturpadas.

"Já passei pela fase de me indignar, de não entender, de procurar justificação, mas quando chega à parte profissional... Aí não permito!", acrescentou, negando uma ocorrência digna de registo com um colega que, afinal, nem foi seu namorado. "Foi uma conversa sobre o que devíamos fazer, se nos defendíamos, se atacávamos. Se tivesse de a definir, diria que foi uma discussão normalíssima", disse Sara, em tempos chamada "amiga especial" pela mãe de Lourenço. Ela prefere "amigos", pois "é bom termos alguém com quem possamos conversar, desabafar, partilhar, sem outros pesos".

Partilhar em suspenso, portanto? 

-----

Castelo Branco: Todo o tipo de relações com a família Soares
Sem medo das bofetadas que João Soares promete aos críticos, José Castelo Branco denunciou à ‘Nova Gente’ o boicote do ex-vereador de Sintra às obras em sua casa. Embora goste muito de Mário Soares. "A última vez que estive com ele até me beijou a mão." Miopia? 

Cláudia Vieira: Conflito de gerações chega à televisão
"Tenho consciência de que, nesta área da televisão, parece existir um grupo de mulheres na casa dos 20 que vão empurrando as outras", desabafou Cláudia Vieira à ‘Nova Gente’. Era capaz de ter em mente uma certa mulher na casa dos 20 ao proferir esta sentença...   

Lia Carvalho: Quando a língua trava uma excelente ideia
Depois da pausa no Conservatório para entrar em ‘Poderosas’, Lia Carvalho faz novos planos. "Já me passou pela cabeça estudar na Finlândia... É um bom mercado para teatro. Mas é muito complicado porque não sei finlandês", disse à ‘Flash’. Restam papéis de surda-muda e cadáver.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)