Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Orgulho materno apesar da música

A sempre deslumbrante mãe do músico Agir está contente com o “lugarzinho” que acredita estar a ser ocupado pelo filho.

Leonardo Ralha 9 de Maio de 2015 às 00:30

Tão eterna quanto ‘O Homem das Castanhas’, do ex-marido Paulo de Carvalho, Helena Isabel chegou aos 63 anos sem reparar que é uma das portuguesas mais belas. "Sou demasiado insegura para achar que sou muito bonita ou que estou fantástica", disse à ‘Lux’, numa entrevista em que, ainda assim, admitiu ter cuidado com a alimentação e ir ao ginásio por gostar de se ver ao espelho.

"Uma atriz mais velha, mesmo que não esteja tão bem, mesmo que engorde, tem sempre trabalho", assegura quem, "por uma questão de feitio", não fala de cirurgias plásticas, embora mencione o nome da clínica em que fez um branqueamento dentário. Já no papel de mãe do músico Agir dispensa sorrisos amarelos: "Há músicas que ele faz de que não gosto, e digo-lho, não tenho qualquer problema!" Habituada à sua extravagância, Helena garante ter orgulho no filho, "no sentido em que trabalhou muito para conseguir o lugarzinho que penso que está a ocupar neste momento".

Sem mencionar que poderá ficar rico se processar Joana Amaral Dias e os outros militantes do partido que plagiou o seu nome artístico...

O Homem das Castanhas Paulo de Carvalho Helena Isabel Agir Joana Amaral Dias
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)