Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Os animais e as bestas

A triste história de 'Simba', o leão da Rodésia que se arrastou de volta para casa, provou muita coisa.

Leonardo Ralha 13 de Março de 2015 às 00:30

A triste história de ‘Simba’, o leão da Rodésia que se arrastou de volta para casa, morrendo nos braços da dona, após ser crivado de chumbos supostamente disparados pelo vizinho que alega ter disparado para o ar, provou muita coisa.

A primeira é que, embora a legislação em vigor não provoque calafrios ao presumível autor da morte do cão, aquilo que aconteceu na aldeia de Monsanto gerou alarme social. Ao ponto de mais de 100 mil terem assinado a petição pública dirigida a Passos Coelho, ao Ministério do Ambiente e ao Partido pelos Animais e pela Natureza, que termina assim: "O nosso país tem que fazer mais por estes animais e punir seriamente quem [lhes] faz mal."

É óbvio que muitos portugueses projetaram na cobarde morte de ‘Simba’ a potencial morte dos seus cães, gatos e outros animais de estimação às mãos de humanos que não dão nenhum valor à vida daqueles que não necessitam de personalidade jurídica para fazerem parte das famílias.

Na nossa sociedade coexiste amor pelos animais – pelo menos por aqueles que não servem de refeição... – e a atitude das bestas que não deixam de o ser mesmo tendo o cartão de cidadão.

Simba leão da Rodésia Monsanto Passos Coelho Ministério do Ambiente questões sociais morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)