Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Sem meter acento no i

Escritor brasileiro Luis Fernando Verissimo festeja amanhã 80 anos.

Leonardo Ralha 25 de Setembro de 2016 às 00:30
Ninguém lhe daria mais de 79 anos, mas o escritor brasileiro Luis Fernando Verissimo festeja amanhã o 80° aniversário. Chega a essa idade a contar com a solidariedade de revisores para não juntarem acentos ao seu nome - nem que seja por solidariedade corporativa, pois Verissimo foi revisor no jornal ‘Zero Hora’ de Porto Alegre - e com a convicção de que nunca foi capaz de escrever "literatura com L".

A extrema modéstia, acompanhada por igual dose de timidez, será natural em quem nasceu filho de Erico Verissimo, o autor de ‘Olhai os Lírios do Campo’, de quem herdou a mestria no ofício e a aversão aos acentos. Mas não impede que Luis Fernando seja um dos grandes escritores vivos da língua portuguesa, criador de milhares de curtas histórias que quase pedem desculpa ao leitor por serem tão bem escritas e divertidas.

Prova de que o humor pode ser uma coisa séria, ainda que também não tenha pretensão a ser humorista, Verissimo deve ter assento em qualquer estante que se preze.

-----


Em dose dupla
Juntando-se à festa, a D. Quixote acaba de editar ‘As Mentiras que os Homens Contam’ e ‘As Mentiras que as Mulheres Contam’.
Ver comentários