Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
5
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Maurício do Vale

"Toiro-toiro"... Mas o que é isso?

À beira das adjudicações das Praças, há quem reclame "toiro-toiro", dito "toiro sério", como uma das exigências aos empresários.

Maurício do Vale 17 de Janeiro de 2015 às 00:30

Concordo, mas convém saber e explicar o que isso é, até para que o público e o aficionado não embarquem na história dos ‘mais de 600 quilos’... O toiro não deve ser ‘montanha de carne’ a pensar na venda da mesma, o que nem deve corresponder à desejada apresentação. Desejando-se bravo (outro tema), deve ter idade adulta (regulamentar), tipo morfológico correto, ter ‘trapío’ (uma componente da seriedade da raça brava), resistência e ter muita mobilidade. E esta é essencial! O toiro que investe muitas vezes, e com convicção, leva emoção e exige valor e técnica na arena. Toiro parado por peso a mais, ou outra razão, não! Com isto, também o público deve evoluir, nomeadamente nos seus conceitos de emoção. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)