Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Miguel Azevedo

Um caso de estudo

A primeira vez que ouvi Resistência, lá atrás no início dos anos 90, ainda tinha eu a mania que seria um grande guitarrista.

Miguel Azevedo 28 de Janeiro de 2017 às 00:30
Palavras... A primeira vez que ouvi Resistência, lá atrás no início dos anos 90, ainda tinha eu a mania que seria um grande guitarrista. Encantei-me por aquele quase tricotar de guitarras, por aquele som que era uma lufada de ar fresco. Era feito por virtuosos, é certo, mas era audacioso, na medida em que ainda ninguém o tinha ousado fazer. Com aquele som vinham as canções que já todos conheciam e as palavras que eram familiares, na voz de um ídolo incontornável, Tim, de um cantor que já dispensava apresentações, Miguel Ângelo, e de um ‘puto’ que ainda poucos conheciam, Olavo Bilac. Assim fizeram dois discos e assim marcaram uma geração. Regressaram vinte anos depois, gravaram novo álbum como se fosse a primeira vez e continuam a empolgar quem os vê como se nunca se tivessem ausentado. Ouvem-nos os de outrora e os de agora. São um marco na música portuguesa e eventualmente um caso de estudo. Em Paris, onde o grupo toca amanhã, nas oito escolas onde se ensina o Português, imagine-se, é com as letras que a Resistência ensinou a cantar que as crianças vão aprendendo a escrever na língua de Camões…

Únicos... Os Deolinda sobem hoje ao Coliseu de Lisboa para celebrarem dez anos. Ana Bacalhau, uma aspirante a professora a quem aos 17 anos, o pai, preocupado com as cantorias, mandou estudar; José Leitão, um engenheiro civil que começou por ter uma banda de rap metal, e Luís e Pedro, dois irmãos que tiveram uns grupos de heavy metal ‘foleiros’ sem nome, começaram com fé e otimismo, sem ceder à eletroacústica ou à moda experimental. Apostaram num cruzamento de música tradicional com fado com que deram a volta a isto, quase como clandestinos, com poucos a acreditar neles. Tem que se ouvir. Porque contado ninguém acredita.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)