Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
8
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Miguel Azevedo

A menina do bairro

Raquel Tavares sabe que as coisas mudaram e que também ela tinha que mudar, sem deixar cair a essência pelo caminho.

Miguel Azevedo 21 de Maio de 2016 às 01:45
Dizia Amália que não gostava de ouvir crianças a cantar fado. Raquel Tavares começou nova. Aos 5 anos já pedia à mãe para ouvir fado, aos 8 chorava quando ouvia uma guitarra portuguesa e aos 12 já ganhava a Grande Noite do Fado.

Talvez por isso tenha crescido depressa, demasiado depressa. "Houve ali uma fase na adolescência em que, por causa do fado, estava muito envelhecida. Queria ser como as fadistas que eu via, que tinham porte. Só que elas tinham porte porque tinham idade e estatuto para isso. Eu só tinha 15 anos. Hoje não quero nada ter esse porte", diz a cantora que durante 8 anos se afastou dos discos, sem se afastar do fado. Andou pelo Brasil, onde se apaixonou pelo samba de raiz.

Hoje cita Zeca Pagodinho, perdeu preconceitos de outros tempos, fala de forma ‘cool’, é ‘menina’ para se apresentar em palco de vestido preto rodado e ténis (quem não se recorda do Caixa Alfama do ano passado?).

‘Raquel’, o novo disco, soa a fresco, soa a ‘meninice’ e a rebeldia. Lá por Alfama, onde mora, diz que gosta de ser ‘pequenina’. A senhora da mercearia ou a vizinha que encontra no lavadouro municipal chamam-lhe "carochinha".

Raquel Tavares é a menina do bairro, um bairro que representa o fado e um fado que representa Portugal. Sorri quando no rádio do carro ouve um fado qualquer entre uma música dos Pearl Jam e outra dos Aerosmith. Raquel Tavares sabe que as coisas mudaram e que também ela tinha que mudar, sem deixar cair a essência pelo caminho.

Raquel está mais nova aos 31 anos, mas aquele poço de alegria que gosta de flores, de praia e pregar partidas não deixou cair o lamento, a mágoa, a dor, a tristeza ou lá o que aquilo seja. "A tristeza é a minha maior ferramenta de trabalho. Eu tenho-a guardada para quando é preciso". E disso se fazem as grandes fadistas.
Amália Raquel Tavares Grande Noite do Fado Brasil Zeca Pagodinho Caixa Alfama música fado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)