Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Octávio Ribeiro

A vitória sorriu aos mais fracos

Sportinguistas estão felizes, mas não devem perder a lucidez.

Octávio Ribeiro(octavioribeiro@cmjornal.pt) 26 de Maio de 2019 às 00:33
O Sporting é um clube enorme, mas a sua equipa de futebol está muito pequena. Não é uma vitória nos penáltis que deve iludir os sportinguistas.

Hoje estarão muito felizes e com razão para tal, mas convém não perder a lucidez. Um ano depois da triste final da Taça, em que Bas Dost não conseguia cabecear por ter a testa carregada de pontos, o Sporting ergue o troféu.

Porém, esta equipa tem grandes jogadores como ilhas, no meio de peças sem categoria para envergar tão nobre camisola.

Do defesa-direito Bruno Gaspar, ao extremo-esquerdo Diaby, são vários os casos que terão de ser enfrentados por Varandas, se quiser construir uma equipa que se possa bater pelo título. Haverá dinheiro para tal?

O FC Porto perdeu mais um troféu. Jogou muito melhor do que o seu adversário. Mostrou raça ao conseguir empatar no último minuto do prolongamento, mas para a história fica mais uma derrota numa época para esquecer.

Vamos ver o que se passará nas próximas semanas. Sérgio Conceição deveria procurar mercado num dos maiores campeonatos. Merece bem essa oportunidade.

Não é previsível nada de muito exaltante numa equipa que se irá desfazer neste defeso.
Bruno Gaspar Sporting FC Porto Taça Varandas Bas Dost Diaby desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)