Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Paulo Fonte

Um gato com bom senso

Duas crianças ‘brincam’ com um gato, uma delas trata o animal como uma boneca de trapos, com violentos abanões.

Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) 21 de Abril de 2016 às 00:30
Duas crianças ‘brincam’ com um gato, uma delas trata o animal como uma boneca de trapos, com violentos abanões. O felídeo não reage, a mãe dos petizes comporta-se da mesma maneira. Limita-se a filmar a cena e a partilhar o vídeo no Facebook, tudo indica com orgulho.

As imagens são de setembro de 2015 mas só agora ganham outra exposição e alertam consciências. O gato, meio aturdido, mantém uma atitude passiva. Tivesse ele tomado uma postura defensiva e a diversão seria interrompida com choros. Talvez com os adultos a manifestarem a sua incompreensão perante o sucedido. Afinal, o bichano sempre fora um animal meigo e nunca arranhara os meninos.

Para lá de uma situação de maus-tratos, o caso comporta uma boa dose de falta de bom senso. As crianças, no ambiente em que se encontram, têm todas as condições para, no futuro, ampliarem a lista de agressores de animais contabilizada pela GNR.

O primeiro trimestre deste ano trouxe um aumento significativo – por dia, os serviços desta força receberam 12 denúncias, levantaram 17 autos de contraordenação e registaram dois crimes. Se a educação falha, a tendência é para piorar.
Gato maus-tratos animais GNR crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)