Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Paulo João Santos

Sinais de cansaço

Há negócios ainda sem autorização para sair de casa.

Paulo João Santos 24 de Maio de 2020 às 00:33
Restaurantes, cafés e pastelarias enfrentam um problema insolúvel. A falta de clientes, resultante de quatro fatores. Redução da capacidade a 50%, quebra de rendimento das famílias, desconfiança dos desconfinados e ausência de turistas. O salva conduto não deu liberdade ao setor. Vai sobrevivendo quem tem esplanada, mas pouco mais do que isso.

A situação nas pequenas lojas não é muito diferente e há negócios ainda sem autorização para sair de casa.

O Governo dá sinais de que irá estender o layoff até ao final do ano, não necessariamente nos moldes definidos para o layoff simplificado em vigor, e de continuar a apoiar as empresas e o pequeno comércio. Não me parece suficiente e muito menos solução. Os trabalhadores querem trabalhar, os empresários desenvolver os seus projetos, levar as empresas para a frente. Este marasmo não interessa a ninguém. Faz mal ao corpo, à mente e deixa a carteira vazia a meio do mês.

Não estranha que se comece a ficar cansado deste ‘novo normal’. Cansado de regras, normas, restrições, impedimentos. A medo está a roubar-nos mais do que anos de vida. Está a roubar-nos a própria vida.
economia (geral) questões sociais política economia negócios e finanças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)