Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Pedro Santana Lopes

Tempo de assumir luta

Costa entra no período pós-troika e não está tão limitado como Seguro para marcar as diferenças políticas.

Pedro Santana Lopes 3 de Outubro de 2014 às 00:30

Estamos a um ano de eleições legislativas, foi eleito o novo líder da oposição, faltam duas semanas para ser entregue o Orçamento do Estado para 2015: está completo o quadro para que se declare aberta a disputa pela vitória nas próximas legislativas. Estivemos até agora numa realidade muito diferente, com a troika em Portugal até há poucos meses, com o estado de exceção económica e também social, e com as naturais inerentes limitações no livre funcionamento do sistema político. Por essas razões, quase se pode dizer que até agora nem Governo nem oposição podiam estar na ofensiva, ou seja, jogar ao "ataque".

O Governo passou estes três anos a explicar o que fazia e o que não podia fazer e o principal partido da oposição criticava e divergia até aos limites da responsabilidade das obrigações que assumiu quando estava no Governo, e também dos deveres gerados pela solidariedade com o projeto europeu e família política a que pertence. Agora, todos se vão soltar. António Costa entra no período pós-troika e não está, nem pouco mais ou menos, tão limitado como o seu antecessor para marcar as diferenças das políticas alternativas que queira apresentar. Por sua vez, o Governo está também consciente de que tem de abandonar a postura defensiva e justificativa a que teve de se remeter em todo este período.

Os partidos da coligação poderão criticar o que se passa em Lisboa, fruto das responsabilidades de António Costa no Município da capital, mas terão, sobretudo, de ser claros, determinados e afirmativos no que pensam das propostas que sejam feitas, ou que, pelo contrário, não apareçam por parte do PS para o futuro do País. E sobretudo terão eles próprios de mostrar o que pretendem para a próxima legislatura e aquilo que o seu eleitorado tradicional deve ponderar para renovar a confiança que lhes foi transmitida nas eleições de 2011. Neste mês de outubro de 2014, mais do que aquilo que ficou para trás, os portugueses querem saber aquilo com que podem contar por diante e com quem devem contar para o conseguir.

PS: No momento em que António José Seguro cessa funções, quero dedicar uma palavra ao seu trabalho enquanto líder do maior partido da oposição. Considero-o um homem sério e inteligente e um homem bom. Deu tudo o que pôde e, como português e como democrata, agradeço-lhe por isso. 

15.ª Festa do Cinema Francês e Campeonato de Surf 2014 

Decorre a partir desta semana, primeiro em Lisboa até ao dia 12, e depois em todo o país até 22 de novembro, a 15ª Festa do Cinema Francês. O cinema de matriz francesa tem uma história rica e atravessa um período de ressurgimento com boas produções que têm conseguido consideráveis êxitos de bilheteira. Vale a pena seguir a mostra. Para os amantes do Surf, está a decorrer mais uma etapa do World Championship Tour 2014, que se realiza durante este mês em Carcavelos e Peniche. A competição desdobra-se no Cascais Girls Pro - Womens WCT, no World Qualifying Series (Prime) e no World Championship Tour Masculino. É a oportunidade dos adeptos do Surf poderem ver ao vivo os nomes sonantes da modalidade em cenários de grande beleza natural.

Proeza notável no Campeonato de Ténis de Mesa

A vitória da seleção portuguesa no Campeonato da Europa de Ténis de Mesa é uma proeza notável. Ganhámos na final à Alemanha depois deste país ter conquistado o título seis anos seguidos. O trabalho estruturado realizado durante anos pela Federação Portuguesa de Ténis de Mesa foi dando frutos. Em anos anteriores já se tinham registado resultados meritórios e, desta vez, ainda por cima em ‘casa’, foi a consagração. Constituída por jogadores que atuam no estrangeiro e outros em Portugal, a seleção impôs-se perante as potências da modalidade, como, além da já referida, a Suécia, que derrotámos nas meias-finais. 

Orçamento do Estado Portugal Governo António Costa Lisboa PS António José Seguro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)