Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Ricardo Rio

(Euro) Cidades

Mesmo em circunstâncias adversas não desistimos.

Ricardo Rio 9 de Março de 2017 às 00:30
Em novembro último, as cidades integrantes da rede Eurocities desafiaram os responsáveis da União Europeia a alicerçarem um processo de reformulação profunda da União na sua (nossa) experiência e na capacidade de responder(mos) cabalmente aos desafios colocados pelas diferentes comunidades.

Todavia, no Livro Branco sobre o Futuro da União Europeia recentemente apresentado pela Comissão, as cidades apenas são sumariamente invocadas enquanto espaço de promoção de debates sobre esta temática.

Faço votos de que os Comissários Europeus que esta semana marcaram presença na Mayors Summit, que teve lugar em Bruxelas, tenham prestado a devida atenção aos testemunhos dos mais altos responsáveis de cidades como Barcelona, Paris, Estrasburgo, Amesterdão, Roterdão, Braga, Berlim, Viena, Estocolmo, Veneza, Florença, Atenas ou Gdansk, entre outras. Nomeadamente, em relação à forma como envolvemos os cidadãos e as instituições, os ouvimos, recolhemos os seus contributos, os capacitamos e lhes damos um crescente poder de intervenção.

Porque, como bem testemunhavam os responsáveis de Leeds, Cardiff ou Bristol, mesmo em circunstâncias adversas não desistimos de ser ‘Eurocidades’.
opinião Ricardo Rio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)