Pouco iguais

Ricardo Rio

Pouco iguais

Um atleta paralímpico recebe um terço da verba recebida por um atleta olímpico.
  • 0
  • 357
Por Ricardo Rio|29.11.17
No quadro da discussão das propostas de alteração na especialidade ao Orçamento do Estado para 2018 poucas iniciativas serão mais chocantes que a reprovação da proposta do PSD para isentar de IMI as famílias e empresas que viram as suas casas ou instalações destruídas pelo fogo nos incêndios deste ano.

Todavia, numa outra matéria mais estrutural da nossa vida em sociedade, a decisão do Parlamento é também passível de igual perplexidade.

No próximo dia 3 de dezembro, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, veremos múltiplos governantes e responsáveis públicos a apelar à plena inclusão dos cidadãos com necessidades especiais na sociedade, em todas as suas dimensões: no emprego, na habitação, nos transportes e mobilidade, na educação, no lazer e no desporto.

Alguns, até, não deixarão de evocar os exemplos de superação a que vamos assistindo nos diferentes quadrantes.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)