Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Rui Hortelão

Coisas fora da ordem

António Costa disse que Portugal está melhor do que há quatro anos.

Rui Hortelão 2 de Março de 2015 às 00:30

Talvez por falar para chineses, desviou-se da cassete do PS. Para ser mais rigoroso, só se tivesse dito que está menos mal. Mas Alfredo Barroso, fundador do PS, não gostou e desfiliou-se. Alguma coisa está fora da ordem.

Passos Coelho não pagou à Segurança Social durante cinco anos. O primeiro-ministro invoca desconhecimento da dívida, mas ainda assim foi pagá-la voluntariamente, no valor de quase 4000 €. Contrariado, pois só queria fazê-lo após o fim deste mandato. Porquê, ninguém sabe. Mota Soares aponta-o como "vítima de erros da própria administração". A mesma que obriga os portugueses a pagar impostos até nos casos em que reembolso está certo à partida. Alguma coisa está fora da ordem.

Mário Soares escreveu: "O juiz Carlos Alexandre que se cuide." O DIAP decidiu não abrir inquérito, até por se tratar de "uma das figuras mais conhecidas da implantação da nossa democracia". Não há dúvida, como canta Caetano Veloso, "alguma coisa está fora da ordem".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)