Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Teófilo Santiago

Lógicas

O Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Henriques Gaspar, disse recentemente que "os ‘conceitos nómadas’, como a eficiência, eficácia e produtividade, se forem considerados numa lógica empresarial... não são prestáveis para a definição dos princípios que devem enquadrar as práticas na administração da Justiça". Verdade!

Teófilo Santiago 13 de Novembro de 2015 às 00:30
O Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Henriques Gaspar, disse recentemente que "os ‘conceitos nómadas’, como a eficiência, eficácia e produtividade, se forem considerados numa lógica empresarial... não são prestáveis para a definição dos princípios que devem enquadrar as práticas na administração da Justiça". Verdade!

De uma forma erudita, afirmou o que é, também, uma evidência na investigação criminal e leva os que com ela se importam e reprovam uma lógica refém de números, que apenas serve para disfarçar insuficiências e animar festas, a dizerem o mesmo, mas de uma forma muito mais prosaica: "Isto – a investigação criminal – não é uma fábrica de encher chouriços."

Atividades que se entrelaçam com a vida estão sujeitas a um grau de imprevisibilidade elevado, não cabem em "folhas Excel". Não entender isso é reduzi-las a um trabalho formatado, mecânico, que se esgota nos seus próprios interesses egoístas – estatísticos –, esquecendo o seu único desígnio, o interesse público.

opinião Teófilo Santiago
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)