Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Teófilo Santiago

Vontade(s)

Magistrados e investigadores superam limitações e más vontades.

Teófilo Santiago 12 de Fevereiro de 2016 às 00:30
Mau grado alguns percalços e desencantos, a esmagadora maioria dos cidadãos, quando libertos de preconceitos ideológicos, ou interesses de parte, entendem o combate à corrupção e ao crime organizado como absolutamente essencial para travar o enriquecimento criminoso e pornográfico de uns quantos à custa do empobrecimento de quase todos e como contributo decisivo para restaurar o crédito da democracia e das instituições em que assenta e a representam.

Assim, é com redobrada satisfação que, contrariando toda a lógica e a vontade de muitos, se verifica que magistrados e investigadores da Polícia Judiciária não desistem nem se entregam - superando limitações estruturais, debilidades funcionais, ausências e más vontades dificilmente disfarçadas - e prosseguem, com assinalável êxito, nesse duro, desgastante e desigual combate, como os tempos recentes o comprovam.

Mas... não há milagres! A vontade, o saber e a coragem de magistrados e investigadores da Polícia Judiciária são determinantes mas de pouco ou nada valerão se não houver vontade política séria e consequente que os acompanhe, estimule e suporte e essa - vontade - infelizmente há muito que escasseia por estas bandas!
Polícia Judiciária ciência e tecnologia política questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)