Barra Cofina

Correio da Manhã

Colunistas
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Vítor Baía

A bola não quis entrar

próximo jogo é uma final e, pelo que se viu neste jogo, só pode dar goleada

Vítor Baía 19 de Junho de 2016 às 00:30
Num jogo de grande intensidade, Portugal subiu muito de rendimento em relação ao último encontro. Criou inúmeras oportunidades, controlou todo o jogo, mas a bola não quis entrar. Nem de grande penalidade.

Mesmo assim, Portugal soube criar várias oportunidades, com boas jogadas de entendimento. O resultado poderia, muito bem, ter sido outro.
Individualmente, Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo estiveram num nível muito alto. Mas a verdade é que a equipa jogou toda bem. Os centrais estiveram num nível altíssimo. No meio-campo, André Gomes e João Moutinho subiram muito de rendimento. Moutinho já parece mais o médio que conhecemos.

Perante um adversário que joga com um bloco muito baixo, forte fisicamente e muito bem organizado na defesa, Portugal precisava de alguém que criasse desequilíbrios. Esse alguém era Rafa, que deveria ter entrado mais cedo. Teria sido fundamental nos últimos 25 minutos.

O próximo jogo vai ser uma final e, pelo que se viu neste jogo, só pode dar goleada. Alguém vai ter de pagar a fatura. Não podemos esquecer que vai ser um jogo difícil, mas vamos ter a sorte do nosso lado e a bola vai mesmo entrar.
Portugal Ricardo Carvalho Cristiano Ronaldo André Gomes João Moutinho desporto futebol eventos desportivos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)