Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
16 de Maio de 2006 às 00:00
Tendo em conta os 23 jogadores anunciados por Scolari, há um problema evidente de plantel: a falta de um ponta-de-lança diferente. Um homem alto que pudesse ser uma opção nos 20 ou 30 minutos finais em que fosse preciso atacar pelo ar.
João Tomás ou Hugo Almeida seriam as escolhas possíveis. Pauleta, Postiga e Nuno Gomes são jogadores de registo parecido, mas já foi assim no Euro e a ideia de ataque de Scolari passa por jogar com um ponta-de-lança ou dois em caso extremo. De resto, para uma Selecção com aspirações há demasiados jogadores que foram sobretudo suplentes nos seus clubes – Quim, Ricardo Costa (representante do FC Porto com Bruno Vale, numa lista sobretudo de ex-FC Porto), Hugo Viana, Maniche.
Um ponto a favor é que estes 23 chegam ao Mundial depois de já terem feito um Europeu e com boa média de idades – tirando os 21 anos de Ronaldo, os 23 de Postiga, Viana e Bruno Vale e os 33 de Figo e Pauleta, os outros estão no auge. Vários têm também de definir as carreiras e o Mundial pode ser um salto – Maniche, Costinha, Ricardo, Postiga, Hugo Viana até.
Ver comentários