Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Magalhães e Silva

A fatura dos PIIGS

A Europa está tão falha de ambição, projeto e poder, que rejubila com a aspirina, como se ela fosse o remédio para a cura. Refiro-me, obviamente, à compra de dívida dos Estados pelos Fundos (FEEF e MEEF) e à recapitalização direta da banca, decididas, alta madrugada de sexta-feira, pelo Conselho Europeu. <br/><br/>

Magalhães e Silva 1 de Julho de 2012 às 01:00

O que acontece quando quase tudo quanto é PSD, lamentando embora que assim seja, acha coerente e completa a estratégia alemã, abonando, por essa via, a subserviência com que o Governo presta vassalagem à Senhora; aliás a mesma – não se ria o PS – que Sócrates e o seu Governo lhe prestaram.

É que, ou os números são forjados, ou a enorme disciplina económica e financeira que alguns nórdicos, e todos os alemães, adotaram nos últimos anos conviveu com sermos nós, PIIGS, os seus melhores clientes, e que, por isso, parte da sua prosperidade foi feita à custa do nosso despesismo.

Será que veremos chegar o dia em que alguém ainda respeitado – Monti, p.ex. – lance à cara de Merkel que o proxeneta não pode dar lições a quem lhe sustenta o negócio?

Coluna segundo as regras do Acordo Ortográfico

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)