Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
19 de Março de 2005 às 00:00
Esta lição que se lê na História e tem múltiplas aplicações, poderia constituir uma reflexão sobre o fundamental das declarações de Catalina Pestana que, ontem, denunciou à juíza do processo Casa Pia, antigas suspeitas sobre o abuso sexual de crianças à guarda daquela instituição pública. Mas também serve, noutra perspectiva, para afirmar a confiança no seguro bom resultado de um projecto positivo, livre e autêntico como é o Correio da Manhã que hoje completa 26 anos ao serviço dos seus leitores.
Desde 1979, o mundo mudou ao ponto de parecer quase novo. Dos bolsos cheios de moedas para telefonar de cabines públicas passou-se ao telemóvel de bolso que nos mantém permanentemente contactáveis. Dos filmes de família em Super 8 e do surgir da gravação vídeo em fita magnética chegámos ao reino digital do DVD. A tecnologia informática tomou conta do dia-a-dia, democratizou a informação e abateu as fronteiras, tornando insuportável e ineficaz qualquer maquinação censória.
A realidade é hoje um castigo implacável para quem tenta enganar e mentir. E um apoio indispensável para quem quer ter êxito. Sem a sua força, nada se consegue, nem nada resulta. A realidade é o que nos faz acertar o passo com o futuro. E no CM é assim.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)