Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Armando Esteves Pereira

A garantia do BCE

O Banco Central Europeu deve manter este ano intacta a sua taxa directora, o que significa que a instituição liderada pelo francês Trichet segurará o preço do dinheiro em níveis historicamente baixos.

Armando Esteves Pereira(armandoestevespereira@cmjornal.pt) 13 de Junho de 2010 às 00:30

Em 2011, o próprio BCE admite uma contracção da procura interna europeia por causa dos planos de austeridade, o que significa que o preço do dinheiro se manterá barato.

Mas nem esta garantia do BCE impede que os 2,1 milhões de famílias com crédito à habitação sofram um ligeiro aumento da prestação mensal na próxima actualização, isto porque esta semana a Euribor bateu um recorde do ano e a taxa a seis meses voltou a passar o patamar de 1%. Mas como os contratos de habitação têm prazos de décadas não há seguros que impeçam a subida dos juros no futuro. 

Uma reportagem do jornal ‘El País’ dá conta da onda de greves nas fábricas da China. A contestação aumentou após a Foxcom, que fabrica o iphone e o ipad da Apple, aumentar os seus funcionários em 67% e a Honda em 24%. Mesmo com esta generosa subida, as pessoas que fazem os gadgets com mais sucesso no Mundo levam para casa menos de 200 euros/mês.

Além dos salários baixos, trabalham no mínimo seis dias por semana em condições infernais, sem a segurança social ocidental. É este o Mundo que a globalização sem regras nem ética está a criar. 

Ver comentários