Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Manuel Catarino

A luta continua

Em Portugal, regra geral, não se discute nada. Qualquer discussão, seja qual for o assunto, fica sempre inquinada por meia dúzia de bandeiras – ou, pior, por preconceitos.

Manuel Catarino 30 de Janeiro de 2012 às 01:00

A retórica sindical, salvo uma ou outra excepção, não passa de um rol de lugares-comuns, as mesmas bandeiras ao ar e palavras de ordem gastas pelo tempo: fala-se como se falava vai para 40 anos. A greve, a maior arma dos sindicatos, é hoje uma banalidade - e, de tão utilizada, perdeu toda a eficácia e, principalmente, a importância. É pena que seja assim. Precisamos de sindicatos inteligentes e corajosos contra este ultraliberalismo que esmaga quem trabalha. A luta continua, mas já não é a mesma.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)