Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
1
14 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Estávamos habituados à conversa de família de fala única e gostámos de ver defender alhos, seguido da defesa de bugalhos. Quando nos fartávamos do discurso (ao princípio, os tempos de antena eram gravações iguais para todos, só caras debitando frases apressadas), apostávamos na correria do candidato, a acabar a frase antes que o relógio lhe cortasse o pio. Depois, as técnicas aprimoraram-se, eram filmes montados e musicados, mas já tinha passado o perfume da novidade.
Hoje, volta o interesse, na RTP chegam a ser o quarto programa mais visto. Mas não se veja bem neles, porque o que há é falta nossa: andamos desesperadamente à procura da rolha. E até aos tempos de antena nos agarramos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)