Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
9
18 de Fevereiro de 2012 às 01:00

Os arranjos são sumptuosos e esta mulher perturba, mudando de máscara entre ‘Blue Jeans’ e ‘Video Games’, ou entre as jóias escondidas, ‘Radio’ e ‘Summertime Sadness’.

Este disco vai fazer comichão por uma vida – e nada apaga o fogo causado por esta nova-iorquina que, se não existisse, precisava mesmo de ser inventada. Intemporal e irresistível.

- A descobrir soluções orquestrais, o canadiano Dan Mangan sublima as dores de crescimento em ‘Oh Fortune’. Intenso.

- Com boas ajudas, ‘Miúda’ não só revela uma voz (Mel do Monte) como também confirma um autor (Pedro Puppe). É Pop português, elegante.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)