Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
6
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

César Nogueira

A segurança que temos

Reportando-se ao Relatório de Atividades da GNR, o Ministro Miguel Macedo reconheceu, em declarações à comunicação social, uma redução de efetivo de 10% nos últimos quatro anos e a degradação de instalações e equipamentos.

César Nogueira 11 de Agosto de 2013 às 01:00

Anunciou "alterações orgânicas" com vista ao reforço da componente operacional, libertando elementos de funções administrativas e de apoio; afirmou que não houve investimento continuado em instalações e equipamentos nas últimas décadas. O que não deixa de ser curioso é que foi precisamente este Governo que não renovou a Lei de Programação de Instalações e Equipamentos das Forças de Segurança e nos últimos anos tem aumentado o número de profissionais com funções não operacionais.

 E que alterações orgânicas propõe o Sr. Ministro? Os profissionais têm uma palavra a dizer - além das condições de serviço lamentáveis, praticam horários desumanos por falta de efetivo, sendo certo que da Tutela não houve qualquer sinal de vontade em regulamentar um horário de referência para a GNR. É esta a segurança que temos, que não serve os profissionais nem as populações.

gnr segurança polícia miguel macedo ministro
Ver comentários