Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
11 de Agosto de 2003 às 00:00
Primeiro as Penhas e depois a Torre, duas contagens de primeira categoria que o jovem Nuno Ribeiro venceu sem grande oposição. É o novo camisola amarela e é um português na frente da classificação.
Duas conclusões: os portugueses têm mais um ciclista de que se podem orgulhar; a Volta 2003 está lançada e vai haver competição até ao último quilómetro, a não ser que o Nuno Ribeiro queira resolver a questão nas duas etapas de montanha que ainda faltam, sobretudo a que termina no alto da Senhora da Graça.
Parabéns Nuno Ribeiro. Foi para mim um privilégio ter subido à Torre com Joaquim Gomes, acompanhando-o nas suas novas funções de director da prova logo no primeiro ano em que ele não fez a escalada sentado numa bicicleta, como só ele sabia fazer.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)