Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
1 de Abril de 2006 às 00:00
O jogo de Guimarães é fulcral, porque só passando incólume pelo castelo pode o Sporting de entrar no clássico com o FC Porto a depender apenas de si próprio.
E as razões para estar optimista não devem ser encontradas na qualidade do opositor, que tem um dos melhores pontas-de-lança da Liga (Saganowski). Sucede que o Vitória também se apresenta pressionado pela posição incómoda e moralizado por somar oito jogos seguidos sem perder na Liga.
As duas equipas mais em forma da Liga têm uma tragédia: com séries tão boas, ainda não atingiram os seus objectivos. E, hoje, uma delas vai ficar mais longe.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)