Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
3
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Fernando Jorge

A troika...que se lixe!

Tal como previmos, o novo Mapa Judiciário vai causar muitas polémicas. Reconhecemos que esta reorganização judiciária apresenta efectivas possibilidades de constituir o desejável renascimento do sistema de justiça e, a par das alterações às leis processuais e estatutos profissionais dos diversos agentes judiciários, contribuir decisivamente para a necessária credibilização da Justiça.

Fernando Jorge 3 de Julho de 2012 às 01:00

Todavia, não pode ser uma reforma imposta, mas sim resultado de uma ampla discussão. Jamais terá êxito se for feita contra as pessoas. E sabemos que a postura deste Ministério da Justiça é ouvir e considerar todas as propostas e sugestões. Neste contexto, há dois aspectos importantes: o primeiro é o de evitar o encerramento de serviços. É preciso e é possível fazer a reforma sem deixar as populações sem tribunal. O outro aspecto é dos timings. Esta é uma reforma que deve ser discutida com todos e implementada com tempo, cuidado e segurança. E isso não se faz nos prazos da troika. Faz-se nos ‘nossos’ prazos. Porque queremos uma boa reforma para a justiça portuguesa, para Portugal! A troika... que se lixe!

Ver comentários