Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
5
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Paulo de Morais

Acabem com elas

Há cláusulas que roçam a loucura. Garantem pagamentos fixos pela simples disponibilização das autoestradas. Há que estancar esta sangria. É preciso que o Estado passe a receber rendas; mesmo que se aumente o prazo das concessões.

Paulo de Morais 1 de Março de 2014 às 00:30

Os custos com as parcerias público-privadas (PPP) não param de crescer. Ao longo deste ano, as rendas vão atingir valores incomportáveis, aos quais acrescem ainda pagamentos de compensações aos concessionários, designados pomposamente de "reposição de equilíbrio financeiro". Com tudo isto, estima-se que a fatura venha a rondar os quatro mil milhões, tendo já sido ultrapassados todos os limites do admissível.

Os pagamentos devem pois ser imediatamente suspensos. Até porque há contratos irregulares ...

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
milhões parcerias público-privadas PPP autoestradas acordo cláusulas Tribunal de Contas
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
  • Todo o conteúdo exclusivo sem limites nem restrições.
  • Acesso a qualquer hora no site ou nas apps.
  • Acesso à versão do epaper na noite anterior.
  • Clube CM+ com vantagens e ofertas só para assinantes