Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
2
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Leonardo Ralha

Adeusinho à calçada

Quatro dias depois da carga policial que pôs termo ao apedrejamento do Corpo de Intervenção da PSP, perante a plácida contemplação de milhares, ainda se contabilizam inocentes.

Leonardo Ralha 18 de Novembro de 2012 às 01:00

Há quem atribua o estatuto a todos os alvos, quem lembre que houve manifestantes atingidos por projécteis e até existe quem conceda que os polícias passaram um mau bocado.

Todos esqueceram a vítima mais consensual: a calçada portuguesa, transformada em paiol, o ponto de uns bons metros quadrados terem ficado desguarnecidos. A PSP já pediu que os passeios junto às escadarias da Assembleia da República fossem cimentados.

É do puro senso comum, mas com o número de atiradores de pedras em alta, pode ser o adeusinho a uma expressão de cultura portuguesa que faz do Rio de Janeiro um prolongamento de Lisboa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)