Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
16 de Fevereiro de 2010 às 00:30

O regresso a Braga, por empréstimo, trouxe-o de volta à ribalta. E a suspensão do médio Mossoró aumentou-lhe as responsabilidades: passou de joker de luxo a referência criativa, num processo que mudou dois terços do meio-campo mais rotinado da prova. Apesar de uma assistência, no Estádio do Restelo, diante do Belenenses, as coisas não lhe corriam bem. Reconheceu-o no fim do jogo, mas nem era preciso.

A triunfal volta ao campo, em tronco nu, já dava a medida do alívio sentido quando a bola iludiu a estirada do guarda-redes Peçanha. Missão cumprida, com um golo incendiário, antes do regresso de Mossoró e da visita ao Dragão, sua primeira casa em Portugal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)